Crédito Férias 2020

Simule e compare e encontre o melhor crédito para férias

Atualizado em Agosto de 2020

Montante123
Prazo:123
Mostrar mais resultados

Tipos de Empréstimo

Quantas vezes sonhou com as tão merecidas férias?

Uma viagem por Portugal de norte a sul do país, uma semana num resort de luxo nas Canárias ou quem sabe fazer um Interrail de um mês e conhecer melhor a Europa?

A verdade é que todos nós levamos o ano todo o sonhar com aqueles dias de descanso em que podemos aproveitar ao máximo para descansar e passear.

Mas, contrariamente ao que acontece nos nossos sonhos, dificilmente as nossas férias são passadas dessa forma, devido a limitações financeiras.

Assim, porque não recorrer a um crédito férias? Porque não fazer um esforço adicional, mas poder dizer que teve as tão merecidas férias de sonho?

Contrariamente ao que acontecia antigamente, hoje em dia solicitar um financiamento para férias é bastante simples!

De seguida esclarecemos as principais dúvidas relativamente a este tema, de modo a que possa efetivamente ponderar esta alternativa.

Perguntas frequentes sobre o crédito para férias

Sabemos que existe ainda um grande estigma por parte das famílias em solicitar um crédito férias.

Isto acontece porque na grande maioria das vezes, as mesmas julgam que é dinheiro mal empregue e que não precisam efetivamente de ir de férias sem grandes preocupações.

No entanto, a realidade não é bem essa. Está mais que provado que uma semana de verdadeiras férias fazem milagres pelo bem-estar da família.

Assim, de seguida esclarecemos as dúvidas mais comuns sobre este tema.

1 – Existe algum crédito específico para férias?

Atualmente são várias as entidades bancárias e financeiras que têm ao seu dispor um crédito para férias.

Contudo, no caso de não haver um financiamento com essa tipologia, é possível solicitar um crédito pessoal barato e rápido sem finalidade específica.

2 – É possível utilizar o crédito férias para qualquer tipo de férias?

Sim, desde que o financiamento seja realizado para poder usufruir de umas férias, não existe nenhum tipo de férias em específico que tenha de fazer.

O financiamento para férias é válido para aquilo que desejar. Tanto pode ser uma estadia em família durante 2 semanas em Vilamoura, como uma semana em Paris (com direito a visitar a Disneyland) ou uma semana num resort na Grécia.

As férias são suas, e por isso o destino e a utilização estão totalmente ao seu critério.

3 – Quais são os montantes de financiamento para estas tipologias de crédito rápido para férias?

A verdade é que os montantes máximos, assim como os prazos de pagamento vão essencialmente variar de acordo com a entidade bancária.

No entanto, por norma, os valores variam entre 2.500€ e 10.000€, e os prazos de pagamento variam entre 6 e 48 meses.

Contudo, estes valores e prazos podem variar de acordo com a entidade bancária a quem o crédito for solicitado.

4 – Qual é a melhor opção de crédito para férias?

Não lhe podemos dizer qual é a melhor opção para as suas necessidades. Isto porque, cada caso é um caso e tudo irá depender de inúmeros fatores.

No entanto, a melhor forma de perceber qual é a melhor solução para si passa essencialmente por utilizar, por exemplo, o simulador de crédito para férias do Crédito Urgente X.

Deste modo, basta colocar no simulador o valor do empréstimo, assim como o prazo de pagamento e irá obter várias simulações de empréstimo.

Depois só precisa analisar qual a que se adequa melhor às suas necessidades!

5 – Quais os documentos que são necessários?

Não lhe podemos desde já garantir que todos os bancos e entidades financeiras solicitam os mesmos documentos.

No entanto, a grande maioria dos bancos tem um processo pouco burocrático no que concerne este tipo de financiamento de baixo risco.

Por isso, para a maior parte dos bancos os documentos necessários são:

  • Comprovativo de identificação (Cartão de cidadão ou Bilhete de identidade + cartão de contribuinte)
  • Comprovativo de morada (fatura com menos de 3 meses, sendo que pode ser da água, luz, gás, TV…)
  • Comprovativo do IBAN
  • Último recibo de ordenado (para trabalhadores por conta de outrem), último IRS (trabalhadores independentes) ou comprovativo de pensão (pensionistas)

Agora já sabe as respostas às dúvidas mais comuns sobre o crédito férias. Por isso, está na altura de aproveitar para solicitar este financiamento adicional e ter ainda este ano as tão merecidas férias de sonho em família.