Crédito consolidado com hipoteca do imóvel

A consolidação de créditos está a tornar-se cada vez mais uma opção para as famílias que se vêm a par com diversos créditos mensais, e pretendem de certa forma reduzir o valor pago mensalmente.

Quando um consumidor opta pela contratação deste produto financeiro tem á sua disposição duas tipologias diferentes de produto:

  • Crédito consolidado com hipoteca do imóvel;
  • Crédito consolidado sem hipoteca.

Mas quais são as diferenças entre ambas?

Bem vamos explicar-lhe de seguida.

1 – Principais diferenças entre crédito consolidado com hipoteca e sem hipoteca

Tal como dissemos anteriormente existem algumas diferenças entre ambos os créditos, e vamos explicar-lhe de forma simplificada.

1.1 – Crédito consolidado com hipoteca de imóvel

Tal como o próprio nome indica, para a concretização deste crédito consolidado, o consumidor dá ao banco ou entidade financeira que adquiriu toda a sua dívida a casa como garantia até que as dívidas estejam pagas.

Este tipo de consolidação acaba por ser mais vantajoso para o cliente, uma vez que os prazos de pagamento são mais alargados (podem chegar aos 10 anos) e as taxas de juro são menores.

Estas vantagens apenas são possíveis porque para o banco este não é um empréstimo de risco, uma vez que o imóvel é a garantia de que todos os valores são pagos, ou seja, no caso de incumprimento, o banco ou entidade financeira fica com o imóvel como forma de pagamento.

1.2 – Crédito consolidado sem hipoteca de imóvel

Nesta tipologia de crédito consolidado, o cliente não necessita dar a sua casa como garantia, no entanto, o prazo de pagamento (que depende dos valores, mas no máximo é de 6 anos) é mais curto, e as taxas de juro são maiores.

Isto acontece porque para a entidade bancária ou financeira este acaba por ser um negócio com alguns riscos associados, pois não existe nenhum bem que possa ser penhorado em caso de incumprimento.

Assim sendo, como forma de precaução, as taxas de juro acabam por ser superiores de forma a minimizar o valor investido na aquisição da dívida por parte do banco.

2 – Documentos adicionais para fazer um crédito consolidado com hipoteca de imóvel?

Existem diversos documentos que são necessários para a consolidação de créditos, no entanto, quando se pretende consolidar os mesmos com uma hipoteca de imóvel, existem mais alguns documentos que são obrigatórios apresentar.

Verifique a lista seguinte:

  • Caderneta predial;
  • Certidão de teor;
  • Plantas do imóvel;
  • Última escritura;

Como é óbvio estes são os documentos necessários para um crédito consolidado com hipoteca de imóvel, relativamente á parte do imóvel, uma vez que são necessários muito mais documentos para que a sua viabilidade para a atribuição desta tipo de produto financeiro seja verificada.

3 – Ponderações finais

É desde já importante salientar, que independentemente do tipo de crédito consolidado que subscreva, terá sempre uma poupança até 60%, relativamente ao montante que se encontra a pagar atualmente pelos seus diversos créditos.

Desta forma, a consolidação de créditos é importante para a sua saúde financeira e estabilidade económica da sua família.

Se tiver um imóvel (mesmo que ainda esteja a pagar o mesmo ao banco), deve realizar um crédito consolidado com hipoteca de imóvel, pois irá permitir-lhe poupar ainda mais no pagamento das suas dívidas.

Se tiver alguma dúvida ou questão relativamente á consolidação de créditos, não hesite em contactar-nos, pois estamos à sua inteira disposição para qualquer esclarecimento que precise.